Diretor do Sintietfal deseja um Feliz Ano Novo para aqueles que lutam

O Dirigente Sindical, Gabriel Magalhães, titular da pasta de Administração, finanças e patrimônio do Sintietfal, postou em suas redes sociais uma mensagem de Feliz Ano Novo àqueles que lutam em defesa da democracia, dos direitos dos trabalhadores/as e que lutam por um mundo mais justo.

Em sua mensagem, Magalhães desejou um “Um Feliz Ano Novo concreto, fincado na dinâmica real da realidade social a qual estamos inexoravelmente inseridos, não um feliz ano novo etéreo e vazio de conteúdo” e concluiu falando sobre a necessidade de organização da classe trabalhada para vencer os retrocessos.

“O capital segue sua marcha imanente de desertificar o solo fértil da vida, mas a vida resiste e florescerá através dos trabalhadores e sua organização. Durante a seca tudo o que não podemos ter é medo. Resistiremos e venceremos!”, disse o Diretor do Sintietfal, Gabriel Magalhães.

Com a posse do Presidente da República eleito, Jair Bolsonaro, do PSL, a conjuntura de ataques à educação, aos serviços públicos e aos direitos dos trabalhadores/as será cada vez mais intensa.  E a organização daqueles que lutam por uma sociedade mais justa e emancipada será a primeira trincheira de defesa contra todos os ataques do Governo de Extrema-Direita.

Confira a mensagem de Ano Novo abaixo na íntegra:

Feliz Ano Novo a todos aqueles a que tenho apreço emocional e/ou afeição ideológica. Um Feliz Ano Novo concreto, fincado na dinâmica real da realidade social a qual estamos inexoravelmente inseridos, não um feliz ano novo etéreo e vazio de conteúdo. Há momentos excepcionais em uma sociedade fraturada como a nossa em que até se cabe um feliz ano novo genérico e vazio, aquele verbalizado para com todos, inimigos, amigos, familiares, dentre outros. Entretanto, no momento histórico no qual estamos inseridos esse tipo de “universalidade abstrata” não é viável, é hipócrita, é “fake”. Vivemos momentos de realidade nua e crua, seca e cruel. Nessa atmosfera pesada, destinada a nos resignar na opressão, apenas um Feliz Ano Novo particular, restrito a todos aqueles que creem na democracia substantiva, na igualdade social e, por conseguinte, na plena liberdade do indivíduo enquanto parte orgânica de uma vida em sociedade emancipada tem validade.

A todos aqueles que perspectivam em maior ou menor grau esses valores, meu FELIZ ANO NOVO! Para nós 2019 será duro, de muitas lutas e embates, mas a verdade, a razão, a solidariedade e igualdade se sobrepujam à obscuridade e à barbárie social elevada a projeto político. O capital segue sua marcha imanente de desertificar o solo fértil da vida, mas a vida resiste e florescerá através dos trabalhadores e sua organização. Durante a seca tudo o que não podemos ter é medo. Resistiremos e venceremos!

Feliz Ano Novo!

Fascistas, Não Passarão!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *