8 de março: Sintietfal participa do ato e reforça a luta por direitos das mulheres

O Dia Internacional das Mulheres foi marcado por manifestações em todo o mundo contra o machismo, o patriarcado e a misoginia. No Brasil, as mulheres tomaram às ruas para lutar também contra a violência, contra a Reforma da Previdência e por seus direitos.

O Sintietfal se fez presente na manifestação realizada em Alagoas junto a mais de 5 mil mulheres trabalhadoras do campo e da cidade, que marcharam da Praça Deodoro até o Dique Estrada, na beira da lagoa Mundaú.

Relembrando a memória de Angélica e Marielle, o ato do 8 de março repudiou o aumento da violência contra as mulheres. “Em 2018 foram 28 feminicídios em Alagoas. Este ano, só em janeiro, foram 107 casos de feminicídios registrados no Brasil. Essa violência tem que acabar e a nossa luta hoje é primeiramente pela vida das mulheres”, afirmou Marília Souto, diretora de comunicação do Sintitefal.

“Nossa luta é também por igualdade. Não podemos aceitar que a média salarial das mulheres brasileiras não atinjam 80% da média salarial dos homens, como revelou a PNAD 2018. São necessárias políticas de equiparação”, acrescentou a dirigente sindical.

A professora do Câmpus Maceió, Andréa Morais, também presente no ato, defendeu o 8 de março como uma data de protestos e homenagens. “Não é só um dia de luta, é um dia histórico que as mulheres se reúnem para garantir seus direitos e avançar por sua emancipação”.

Os diretores do Sintietfal Gabriel Magalhães, Yuri Buarque e Ederson Matsumoto, o Japa, também se fizeram presentes na manifestação.

Em defesa da aposentadoria

Neste 8 de março, as mulheres colocaram com principalidade nas manifestações a luta contra a Reforma da Previdência. Bolsonaro está querendo acabar com a aposentadoria de homens e mulheres trabalhadores/as, aumentando a idade e o tempo de contribuição. Vale à pena lembrar que, em 2017, ano da greve geral e da derrota da Reforma da Previdência de Temer, as manifestações em defesa da aposentadoria tiveram início também no 8 de março.

+++ Confira as fotos da manifestação

Homenagens

Como forma de fortalecer a participação das mulheres na luta e reconhecer seu engajamento, o Sintietfal está fazendo publicações nas redes sociais de “Mulheres de Luta no IFAL”. Neste mês das mulheres, as redes sociais da entidade rende méritos às servidoras que são inspiração para os/as demais na luta em defesa da educação pública de qualidade, dos serviços públicos e pelos direitos das mulheres da classe trabalhadora.

Curta e compartilhe as primeiras imagens.

#MulheresDeLutaNoIfalComeçamos a semana apresento mais uma #MulherDeLutaNoIfal, a assistente social Milena…

Posted by Sintietfal on Monday, March 11, 2019

#MulheresDeLutaNoIfalNeste dia 8 de março, Dia Internacional de Luta das Mulheres, o Sintietfal homenageia as…

Posted by Sintietfal on Friday, March 8, 2019

#MulheresDeLutaNoIfal Neste dia 8 de março, Dia Internacional de Luta das Mulheres, o Sintietfal homenageia as…

Posted by Sintietfal on Friday, March 8, 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *