Seminário Internacional sobre a dívida pública tem início na Ufal

Sintietfal participou da solenidade de abertura do evento

Começou hoje, 9 de setembro, o IV Seminário Internacional “70 Anos do Balanço de Pagamentos: De Onde Vem a Dependência?”. O evento foi aberto no auditório da Reitoria da Ufal com a realização de uma audiência pública da Assembleia Legislativa de Alagoas sobre a Renúncia Fiscal e o novo ciclo de endividamento público.

O Sintietfal participou da mesa de abertura do evento, representado pelo diretor Flávio Veiga. Em seu discurso, o dirigente sindical ressaltou a importância da auditoria da dívida pública para garantir recursos para políticas sociais.

“Nesse momento de grave retrocesso e no qual nossa democracia está sob ataques, esse tipo de evento é fundamental. O tema desse seminário é algo que repercute na política pública, na cidadania e na defesa intransigente da dignidade humana. Estamos passando pela maior crise já enfrentada pelas Universidades e Institutos Federais, no qual podem fechar suas portas a qualquer momento com a falta de verba. Nesse contexto, temos essa dívida pública que retira orçamento da educação, da seguridade social e de todos os aspectos no desenvolvimento social do nosso país”, disse o diretor do Sintietfal na solenidade de abertura do Seminário.

O IV Seminário Internacional acontece de 9 a 11 de setembro com a presença de grandes nomes da área da dívida pública. O evento é gratuito e aberto ao público.

Confira a programação abaixo:

Dia 09/09 (segunda-feira)
8h
Mesa de abertura – Maria Valéria Correia (Reitora UFAL), Fábio Guedes (FAPEAL), Reivan Marinho (Faculdade de Serviço Social), Ramiro Chimuris (Coordenador da Rede de Cátedras), José Menezes (Observatório de Políticas Públicas), Adriano Nascimento (Grupo de Pesquisa em Estado, Direito e Capitalismo Dependente), Nivaldo Barbosa (OAB-AL) e Sindicatos
9h
Audiência pública da Assembleia Legislativa de Alagoas sobre a Renúncia Fiscal e o novo ciclo de endividamento público. Mesa: Deputada Estadual Jó Pereira, Maria Lúcia Fatorelli (Auditoria Cidadã), George Santoro (Secretário da Fazenda – AL), José Menezes Gomes (UFAL), Nivaldo Barbosa (OAB-AL) e Sindifisco, etc
14h
Mesa-Redonda: Os setenta anos do Balanço de pagamentos: de onde vem a dependência? Expositores: José Menezes Gomes (UFAL), Francesco Schettino – Universidade de la Campana, Ramiro Chimuris – UDELAR – Coordenador da rede cátedras
16h
As veias abertas da América latina no século vinte e um: um resgate da teoria da dependência
Debatedores: Mathias Luce (UFRJ), Marcelo Carcanholo (UFF), Adriano Nascimento (UFAL)
19h
Colonização, recolonização e as normas forma de subordinação na América Latina
Ramiro Chimuris – UDELAR – Coordenador da rede cátedras e Prof. Daniel Alberto Libreros Caicedo (Colômbia) Universidad Nacional Mayor de Bogotá

Dia 10/09 (terça-feira)

9h
O outro lado da dependência: dívida pública, dívida ecológica e a dívida social
José Menezes Gomes (UFAL), Daniel Libreiros (Colombia), Ramiro Chimuriz (Uruguai)
14h
Economia e desenvolvimento no Estado Constitucional Democrático de Direito: direito ao desenvolvimento, à autodeterminação política, econômica e social dos países em desenvolvimento e direitos fundamentais sociais no contexto da “nova economia” global e das condicionalidades oriundas do sistema financeiro global. Palestrantes: Salvatore D’Acunto (Itália) Università della Campania “Luigi Vanvitelli”, Basile Christoupolos (UFAL), Prof. Claudio de Fiores (Itália) Università della Campania “luigi Vanvitelli”.

16h
O papel da dívida pública na crise fiscal: para que serve o Estado Nacional?
Sara Granemann (UFRJ), Juliana Teixeira Esteves (UFPE), Tiago Muniz Cavalcanti (MPT)
19h
A crise capitalista, a aceleração da dívida pública e a ameaça à Seguridade Social.
Palestrantes: Prof. Francesco Schettino (Italia), Università della Campania “LuigiVanvitelli”, Marcelo Carcanholo (Brasil), UFF, Diego Fernando Carrero Barón -Facultad de Investigaciones. Escuela Superior de Administración Pública – FI/ESAP, Colombia

11/09 (quarta-feira)
9h
A Reforma da Previdência e regime próprio de previdência de Alagoas: o destino da previdência pública estadual?
Sara Granemann (UFRJ), Rodrigo Ávila (Auditoria Cidadã), Presidente do AL PREVIDÊNCIA e representantes dos servidores
14h
O PPA, as diretrizes orçamentárias de Alagoas e a participação social
José Menezes Gomes (UFAL), Cássio Araújo (MPT), Representante da SEPLAG, Representante da OAB.
16h
O papel das universidades públicas e das fundações de apoio a pesquisa para o desenvolvimento econômico e social
Palestrantes: Maria Valéria Correia (UFAL), Odilon Máximo (Uneal), Henrique de Oliveira Costa (Uncisal), Carlos Guedes de Lacerda (IFAL) e Fábio Guedes Gomes (Fapeal).

Encerramento com a leitura da Carta de Maceió

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *