#LulaLivre 

Em respeito à Constituição Federal, o Supremo Tribunal Federal julgou inconstitucional prisões após condenações em segunda instância e fez valer o texto da carta magna: “Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”.

Com isso, Lula foi solto na última sexta-feira (08/11) após 580 dias de prisão política. O julgamento demorou porque o Poder Judiciário brasileiro escolheu fazer parte do jogo político e retirar o candidato com mais intenções de voto da disputa eleitoral de 2018.

O Sintietfal, assim como o Sinasefe, mesmo fazendo oposição aos governos Lula e Dilma, sempre hasteou a bandeira da justiça e do respeito aos direitos de Lula, desrespeitados em julgamento tendencioso coordenado pelo Ministro do governo Bolsonaro, Sérgio Moro.

Por isso, saúda Lula Livre e, ao mesmo tempo, cobra liberdade para Rafael Braga e o DJ Renan da Penha, entre tantos outros, encarcerados de forma injusta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *