Assistentes sociais do Ifal se solidarizam com colegas de trabalho de Palmeira dos Índios

O Grupo de Trabalho do Serviço Social do Ifal firmou seu apoio, em nota, às assistentes sociais do câmpus Palmeira dos Índios que sofreram ataques às suas condutas profissionais na noite da última segunda-feira, 10 de fevereiro.

A moção de apoio foi assinada por 18 assistentes sociais de diversos câmpus do Ifal e publicada no dia 12 de fevereiro. No texto, os/as assisntentes sociais defendem a atuação das profissionais e chancela o trabalho realizado na unidade de ensino.

“Nós, assistentes sociais dos diversos câmpus do Ifal, conhecemos o trabalho que é desenvolvido pelo Serviço Social de Palmeira dos Índios e ratificamos que ele é realizado respeitando-se o que preceitua o Código de Ética dos/as Assistentes Sociais. As profissionais possuem compromisso com a qualidade dos serviços prestados aos usuários e têm desempenhado suas atividades profissionais com responsabilidade, buscando garantir eficiência e eficácia dos serviços”, trecho do texto.

Além dos/as assistentes sociais, o Sintietfal e a direção do Câmpus Palmeira dos Índios também se pronunciaram sobre o caso. Confira as notas abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *