Nota de Repúdio

Solidariedade às assistentes sociais do Ifal câmpus Palmeira dos Índios

O Sintietfal se solidariza com as assistentes sociais do Ifal Câmpus Palmeira dos Índios e repudia as ofensas contra as servidoras, no devido exercício de suas funções, proferidas através de redes sociais.

A situação ocorreu na noite do dia 10 de fevereiro, quando uma pessoa da comunidade escolar questionou a lisura do processo de seleção para os Programas do Edital de Assistência Estudantil e colocou em xeque a idoneidade moral das servidoras responsáveis.

Entendemos que é papel deste sindicato a defesa do conjunto dos/as servidores/as públicos/as, que têm sido alvo de insistentes ataques do governo, desqualificando-os/as, com o fim de destruir os serviços públicos. Essa campanha criminosa de desacato, prevista no art. 331 do Código Penal, gera reações similares (como a citada) em setores da sociedade.

Questionar a seriedade de uma instituição tão respeitada como o Ifal e de seus/suas servidores/as é uma ofensa também contra o nosso sindicato. Por isso, repudiamos a ofensa e seguiremos na luta em defesa dos/as servidores/as públicos/as.

Um Comentário em “Nota de Repúdio

Monyke Soares
12 de fevereiro de 2020 em 19:25

Tive o imenso prazer de trabalhar por 2 anos e 6 meses no IFAL-campus PIn, onde quase 2 anos foram no Setor de Serviço Social. Acompanhei de perto alguns processos seletivos da Assistência Estudantil e pude ver o empenho da profissional do setor, em conduzir os processos da forma mais lícita possível. Eram meses de trabalho cansativo e desgastante para cumprir as datas estabelecidas no edital, sempre usando de muita seriedade e senso de justiça, principalmente diante de tantas tentativas de fraudes por meio de muitos participantes, que eram na maioria das vezes instruídos pelos seus próprios genitores ou responsáveis legais .
Infelizmente vivemos em um país corrupto, onde aqueles que não conseguem instalar a corrupção, buscam desqualificar o trabalho de profissionais que agem de forma íntegra e incorruptível, como é o caso do Setor de Serviço Social.
Aos profissionais do setor de Serviço Social, todo o meu apoio, e as pessoas que tentam inferiorizar a profissional do setor, o meu repúdio e indignação.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *