Sintietfal participa de ato em apoio à greve dos Correios

O Sintietfal participou na manhã desta sexta-feira, 11 de setembro, do ato nacional em defesa dos Correios, realizado em frente à agência central, na rua do Sol, centro de Maceió. A mobilização foi realizada há exatos 25 dias do início da greve da categoria para lutar em defesa de direitos e contra a privatização.

“A gente faz questão de vir aqui presenciar a luta dos companheiros, afinal é uma luta extremamente justa e legítima para preservar condições mínimas que as gerações anteriores, através de muita luta conseguiu conquistar. São vários direitos que esse governo ultraliberal e fascista quer fazer com que vocês percam e só a luta vai permitir que vocês mantenham esses patamares mínimos e principalmente que a gente mantenha a empresa pública como ela deve ser”, afirmou Gabriel Magalhães, diretor do Sinteitfal.

A principal demanda da categoria é a garantia do acordo coletivo realizado em 2019, com vigência prevista até 2021, que foi suspenso pelos Correios sob a justificativa da pandemia de Covid-19. Com isso, foram excluídas 70 cláusulas trabalhistas.

Realizada em todo o Brasil, a mobilização aconteceu no mesmo dia em que está marcada uma audiência de conciliação pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) às 15 horas. A reunião pode definir um acordo para o fim da greve dos Correios, mas a categoria não acredita que o governo abra mão de atacar os direitos da categoria e retirar da mesa a privatização da estatal.

A venda da companhia de serviço postal e entregas é tida como prioridade do governo Bolsonaro-Mourão-Guedes. Multinacionais como Amazon, Alibaba e Mercado Livre já foram listadas como possíveis compradoras da estatal. Entretanto, os direitos trabalhistas da categoria são considerados pelo presidente dos Correios, general Floriano Peixoto, um entrave para a destruição da empresa pública.

Sintietfal saúda greve dos Correios

O Sintietfal marcou presença hoje no Ato Nacional Em Defesa dos Correios, realizado hoje pela manhã, em frente a agência central na rua do Sol, Centro de Maceió.O diretor de finanças, Gabriel Magalhães, fez uma fala saudando a disposição de luta da categoria por direitos e contra a privatização da empresa. Confira a fala do nosso dirigente sindical.

Posted by Sintietfal on Friday, September 11, 2020

“Lutar em defesa dos correios é lutar também contra o governo Bolsonaro, um governo que vai aí para operar uma verdadeira destruição e desmonte do estado”, prosseguiu o dirigente do Sintietfal firmando posicionamento solidário à manutenção da greve. “Defender os Correios não é só uma luta dos trabalhadores dos correios e é por isso que nós do Sintietfal nos somamos a essa luta”, concluiu Magalhães.

Além de Gabriel Magalhães, Zilas Nogueira, Ana Nascimento e Roberval Santos compareceram à mobilização representando a direção e a base do Sintietfal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *