Comitê Cultura Contra o Golpe ocupa IPHAN em Alagoas

O comitê de artistas, denominado Cultura contra o Golpe, ocupou no final da tarde desta quinta-feira, 19, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional de Alagoas, no bairro do Jaraguá, em Maceió. O movimento é nacional e tem ocupados prédios da União para protestar contra o governo ilegítimo de Michel Temer.

 

Em Alagoas, estudantes, músicos, artistas e dançarinos se concentraram no Memorial à República e utilizando cartazes, faixas e com o auxílio de um carro de som ocuparam o prédio do IPHAN. Cerca de 100 pessoas participam do movimento e não há previsão de saída.

 

O movimento cultural é contrário à extinção do Ministério da Cultura e ao governo como um todo, que busca aprofundar as desigualdades sociais e ampliar o corte de direitos, principalmente dos mais oprimidos.

 

“Estamos revoltados com esse governo golpista. Nosso protesto e nossa luta é, principalmente, pela saída do Temer. Entendemos que a extinção do Ministério da Cultura é apenas um dos ataques que têm sido feitos sistematicamente contra os direitos voltados à população”, afirmou o estudante de teatro, Udson Pinheiro.

 

Para Keka Rabelo, produtora cultural, o golpe que está em curso é contra as minorias no país. “Não foi só o MinC que foi atingindo, mas as mulheres, os direitos humanos, a igualdade racial. É uma perda irreparável”, explicou.

 

O diretor de formação sindical do Sintietfal, Fabiano Duarte, esteve presente na ocupação e se solidarizou com o movimento. “Estamos aqui para dizer não a esse governo golpista que está atacando o movimento cultural ao fechar o ministério da cultura. Nós apoiamos essa luta, pois achamos que ela é justa”, disse.

Ainda na primeira noite da ocupação, integrantes do Coletivo AfroCaeté, músicos e o grupo teatral Clowns de Quinta espalharam cultura no bairro histórico e deram vida ao prédio que fecha todas as noites.

 

O movimento promete ocupar o Iphan com muita cultura contra o golpe. Sua programação diária e as formas de apoiar essa luta estão sendo divulgadas na página CulturaContraOGolpe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *