Nova reunião da Mesa de Negociação Permanente é marcada para 28/02

Foto: Sinasefe

A próxima reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP) entre o Governo Lula e as entidades classistas dos servidores federais está marcada para dia 28 de fevereiro, às 14h30, em Brasília.

A 7ª reunião da Mesa Central terá como pauta “debate sobre a contraproposta apresentada pela bancada sindical”, dando a entender que será discutido um percentual de recomposição salarial do funcionalismo público ainda para 2024.

No dia 31 de janeiro foi enviada ao governo uma contraproposta unificada da Bancada Sindical contendo as reivindicações da Campanha Salarial do funcionalismo público.

No documento, é reivindicado o reajuste sobre dois blocos referentes às perdas salariais decorrentes a partir do governo Temer (desde 1º de setembro de 2016) até dezembro de 2023, acrescidas das projeções inflacionárias dos anos de 2024 e 2025:

Bloco I
– Reajuste de 34,32% dividido em 3 parcelas iguais de 10,34% em 2024, 2025 e 2026;

Bloco II
-Reajuste de 22,71% dividido em 3 parcelas iguais de 7,06% nos meses de maio de 2024, 2025 e 2026.

Reivindica ainda que seja registrado, no Termo de Acordo, o compromisso do governo em abrir negociação acerca das perdas salariais históricas a partir de julho de 2010.

Quanto à equiparação de benefícios, o documento defende a total equiparação com os/as servidores/as do Legislativo e do Judiciário, ainda em 2024, haja vista não haver impedimento na Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Em 2023, o governo não apresentou respostas favoráveis em relação à compensação das perdas salariais, demanda central dos/as servidores/as na Campanha Salarial de 2024, limitando-se a propor ajustes em três benefícios para o ano de 2024 (auxílio-alimentação, auxílio-creche e auxílio-saúde).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *