Campanha salarial e orçamento do Ifal foram pautas de audiência entre o Sintietfal e o reitor

Aposentadorias e pensões e feriados estaduais foram debatidos no dia anterior, na reunião do Consup

Na última sexta-feira, a direção do Sintietfal recebida pelo reitor Carlos Guedes e sua equipe de para tratar de assuntos de interesse dos/as sindicalizados/as. Entre eles, a campanha salarial e a regulamentação da compensação de trabalho em virtude de greve, o orçamento do Ifal e a requisição de servidores por outros ministérios.

Os pontos retorno das aposentadorias e pensões para o Ifal e procedimentos relativos aos feriados locais, que também estavam em pauta, foram tratados no dia anterior na reunião do Conselho Superior.

Pautas

Darliton Romão, Anny Barros, Fábio Sales, Yuri Buarque, Flávio Veiga e Anna Júlia representaram o Sintietfal na audiência.

O Sintietfal dedicou parte principal da reunião para debater a justeza das pautas da campanha salarial e a importância de uniformizar procedimento para reposição de trabalho em caso de greve ou paralisações. Um GT ficou de ser criado para elaborar minuta de regulamentação para facilitar o acordo de greve, normalmente celebrado ao final do movimento.

A reunião tratou também sobre o orçamento do Ifal e da redução dos valores da verba de custeio, principalmente para a assistência estudantil, onde houve corte de R$ 312.573,00 em relação à 2023. O Sintietfal defendeu a importância de somar esforços sindicais, estudantis e de gestores para lutar por mais orçamento para a educação.

Também foi cobrado da reitoria respostas aos processos administrativos de servidores/as que foram requisitados/as por outros ministérios desde 2023 e ainda aguardam suas cessões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *