Presidente do Sintietfal aborda Ministra Ester Dweck e reivindica retorno das aposentadorias e pensões para o Ifal

O TAE Yuri Buarque também defendeu a urgência da reestruturação das carreiras da Educação

O presidente do Sintietfal e diretor do Sinasefe, Yuri Buarque, conseguiu ter acesso diretamente à Ministra Ester Dweck, durante um almoço das servidoras com Lula, em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, realizado no dia 8 de março, em Brasília.

Na ocasião, o dirigente sindical teve uma conversa curta e direta com a ministra reivindicando a reestruturação das carreiras e a completa revogação do Decreto º 10.620 do Governo Bolsonaro – parcialmente suspenso pelo atual governo –, que mantêm as aposentadorias e pensões do Ifal no INSS.

“Consegui ter acesso à Ministra Ester Dweck do MGI, ela participou do evento das mulheres com o presidente Lula. Eu tive uma conversa muito firme, mas muito respeitosa. Falei da luta e do sofrimento que as aposentadas e aposentados do Ifal estão enfrentando. Falei da importância de não apenas alterar, mas de revogar a transferência das aposentadorias e pensões para o INSS. E a ministra se comprometeu a agendar conosco essa reunião”, disse Yuri Buarque.

O dirigente sindical esteve de 5 a 8 de março em Brasília, em seu plantão do Sinasefe, onde participou da posse do Conif, de audiência com o deputado Paulão, de reuniões com o Andes-SN e Fasubra sobre a construção da greve e redigiu a resposta do Sinasefe ao MGI, diante da negativa de retorno das aposentadorias e pensões para o Ifal.

+++ Em Brasília, Sintietfal participa de posse do Conif e de audiência com Paulão

A revogação do Decreto nº 10.620/21 é uma das pautas da campanha salarial dos/as servidores/as federais desde 2023, no ponto do revogaço. A medida não possui impacto financeiro para o governo, mas causa enorme prejuízo para os/as servidores/as do Ifal, que foi uma das únicas instituições do país a acatar o decreto de Bolsonaro, que jogaria todas as aposentadorias e pensões do Regime Próprio no INSS.

Nesta terça-feira, dia 12 de março, o Sintietfal realizará uma Assembleia Geral Extraordinária para debater a retomada da luta pelas aposentadorias e pensões e a construção da greve. A AGE está marcada para às 9h30 no Ifal campus Maceió.

Sintietfal convoca Assembleia Geral Extraordinária para terça-feira, 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *