15 de março de 2024

TAEs da Ufal aprovam ingresso na greve da Fasubra

Os TAEs da Universidade Federal de Alagoas aprovaram na última quinta-feira, 15 de março, em assembleia do Sintufal, o ingresso na greve da Fasubra. O Sintietfal se fez presente através de seu presidente, Yuri Buarque, na reunião que contou com a presença de 247 técnico-administrativos/as, de forma on-line e presencialmente.

“O papel que a Fasubra está cumprindo é determinante para o êxito na luta pela reestruturação de carreira, na obtenção de reajuste salarial e na equiparação de benefícios. O Andes e o Sinasefe precisam se espelhar no exemplo que os/as companheiros/as estão dando. A construção da greve é um papel determinante na nossa vitória”, afirmou o presidente, Yuri Buarque.

Na reunião, Buarque reafirmou a necessidade da construção da greve e participação dos/as servidores/as. “Nesse final de semana teremos a plenária nacional do Sinasefe, nossos/as delegados/as vão lá defender a deflagração da greve. Precisa ser uma greve diferente, de mobilização, onde nós possamos fazer grandes ações com a participação dos/as servidores/as para chamar atenção do governo”, continuou o presidente.

A greve já está sendo construída por servidores/as de mais de 53 Universidades Federais em todo Brasil. Os/as delegados/as do Sintietfal, na 187ª Plenária Nacional do Sinasefe, devem defender o início da greve dos Institutos Federais a partir do dia 1º de abril.

Entre as atividades preparatórias para a greve, definidas na última Assembleia Geral do Sintietfal, estão ações junto aos discentes e à comunidade externa, tratando do tema orçamentário do Ifal e da educação em geral.

15 de março de 2024

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *